Suspeitos de tentativa de latrocínio são presos em Capinzal

Capinzal – Uma tentativa de latrocínio foi registrada no final da tarde desta terça-feira (17) na rua Agenor Trancoso, bairro São Luiz em Capinzal. O crime teria ocorrido por volta das 17h30min, mas o comunicado ocorreu por volta das 19h45min. A Polícia Militar foi acionada e no local informado, nas proximidades da Apae, conversou com a vítima, um aposentado de 65 anos. Ele relatou que  por volta das 17h30 horas dois homens e duas mulheres entraram em sua casa e começaram a lhe agredir e ameaçar. Os suspeitos teria apanhado no bolso de sua bermuda o valor de R$ 1 mil e que com roupas, cinto e toalhas lhe amarraram e tentaram sufocar-lhe.

A vítima relatou à guarnição que os quatro envolvidos tentaram lhe matar dentro do seu quarto, em sua cama. Ele disse que fingiu ter morrido, momento em que os quatro saíram da casa e o aposentado conseguiu pedir ajuda para sua enteada.

Quando os policiais chegaram perceberam que o idoso possuía um pouco de sangue pelo rosto e se queixava de dores. P.K. tinha lesões na boca e marcas no pescoço devido aos suspeitos terem tentado lhe sufocar.

Diante disso o Corpo de Bombeiros de Capinzal foi acionado para atendimento. A enteada da vítima relatou que não viu nada, apenas escutou passos na casa, pois mora no porão da residência.

Em seguida, as polícias Civil e Militar iniciaram as diligências e abordaram D.R.A., sendo que não admitiu os fatos, e O.F.F., a qual admitiu o acontecido e ainda citou outra envolvida nos fatos, sendo esta A.P.C.P.R.

Ambos teriam chamado um táxi com dinheiro proveniente do roubo, do centro da cidade até o Engenho Novo, na região onde estão localizadas algumas casas noturnas.

No momento da abordagem de D.R.A. e O.F.F., um suspeito de ter participado do crime fugiu para a mata, próximo ao cemitério do Engenho Novo. Ele não foi localizado. Diante dos fatos a guarnição confeccionou o boletim de ocorrência, fotografou e orientou o envolvido acerca dos procedimentos cabíveis. Os suspeitos e a vítima foram levados para a Delegacia de Polícia de Joaçaba para os procedimentos. A vítima passa bem.

DEIXE UM COMENTÁRIO

Please enter your comment!
Please enter your name here

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.