TJ nega habeas corpus a acusado de roubo a taxista

Capinzal – Em julgamento nesta terça-feira (06) a Segunda Câmara Criminal do Tribunal de Justiça de Santa Catarina (TJ/SC) negou habeas corpus em favor de Josinei César, 27 anos, acusado de roubo contra um taxista em Capinzal. A defesa alegava que a decisão que indeferiu o pedido de revogação da prisão preventiva não teria sido suficientemente fundamentada e que o réu não representaria risco estando solto e que teria bom comportamento.

Anteriormente, o TJ já havia rejeitado, através do desembargador Sérgio Rizelo, o pedido de liminar. Além de Josinei César, outro réu, Giovani Vieira Lopes, 23 anos, são acusados pelo roubo. Contra Lopes foi negado recentemente o pedido de revogação da prisão preventiva.

Ambos estão recolhidos ao presídio regional de Joaçaba. O roubo ocorreu dia 11 de novembro deste ano, por volta das 14h30min no acesso ao Loteamento Nova Esperança em Capinzal. Os suspeitos foram presos pela PM após se envolverem em acidente com o carro da vítima em um bairro de Joaçaba.

DEIXE UM COMENTÁRIO

Please enter your comment!
Please enter your name here