TRE-SC divulga balanço de ocorrências sobre a Eleições no estado

Demonstração do uso da urna eletrônica para as eleições de 2006.

O Tribunal Regional Eleitoral de Santa Catarina (TRE-SC) divulgou balanço sobre as Eleições no estado e informou que 72 ocorrências policiais com 32 eleitores foram presos até as 15h30 deste domingo (7).

Ainda conforme o TRE, as prisões foram realizadas em Brusque, Criciúma, Florianópolis, Bombinhas e Itajaí, por propaganda irregular; Florianópolis, São José, Palhoça, Concórdia, Garuva e Biguaçu, por boca de urna; e Içara, por corrupção eleitoral, e Bom Retiro, por transporte irregular de eleitores.

Urna destruída por marreta

Em Morro da Fumaça, no Sul do estado, um homem de 25 anos foi preso após quebrar uma urna com uma marretada. Ele entrou em uma seção com uma marreta e destruiu a urna eletrônica. Segundo a chefe de cartório da 34ª Zona Eleitoral, Isabel Anacleto Placido, as mídias onde ficam computados os votos não foram afetadas, ou seja, eles não foram perdidos. A urna já foi substituída.

Mesário preso

Um presidente de mesa fiscal foi preso na Escola de Educação Básica Coronel Marcos Rovaris, no bairro Pinheirinho, em Criciúma, por boca de urna. O fato ocorreu após denúncia de que ele estava induzindo eleitores na fila a votar em determinado candidato à Presidência da República. O homem foi levado para a Polícia Federal.

O presidente de mesa é a maior autoridade da seção e é responsável por manter a ordem no local. Até as 16h, essa ocorrência não estava contabilizada no boletim do Tribunal Regional Eleitoral (TRE-SC).

Urnas com problemas

Além das prisões, o TRE registrou problemas em 107 ocorrências urnas eletrônicas. Com isso, foram substituídas 55 por urnas eletrônicas de contingência e não prejudicou a sequência do pleito. (G1)

DEIXE UM COMENTÁRIO

Please enter your comment!
Please enter your name here

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.