Três cubanos deixam de atuar em Capinzal após ruptura do programa “Mais Médicos”

Stethoscope

Capinzal – A decisão de Cuba de abandonar o programa “Mais Médicos” no Brasil afetou também o município de Capinzal. Na cidade, três cubanos que estavam na rede de saúde pública do município deixaram de atuar desde esta terça-feira (20). Conforme a secretária de Saúde de Capinzal, Kamile Sartori Beal, na segunda-feira foi recebido comunicado do desligamento dos três médicos cubanos que atuam em Capinzal.

“Dois deverão estar embarcando em Chapecó de volta para Cuba entre esta quinta e sexta-feira. Uma vai permanecer no município, mas, sem poder atuar profissionalmente”, explica Kamile ao ressaltar que os contratos pelo programa Mais Médicos foram encerrados.

Segundo ela, foi aberto ontem um edital, pelo Ministério da Saúde, para contratação de profissionais e hoje abriram as vagas. “Capinzal tem três para médicos brasileiros e estrangeiros que possuam CRM. A partir do próximo dia 27 abrem-se as vagas, se não forem supridas, abrem as vagas para médicos brasileiros e estrangeiros formados no exterior e que não possuam o CRM”, comenta.

Conforme a secretária, o Ministério da Saúde deu previsão de que até o dia 7 de dezembro, esses profissionais que aderirem ao “Mais Médicos” estarão começando a atuar nos municípios onde já existiam o programa.

“Foram remanejados alguns profissionais para que as unidades não fiquem desassistidas, a exemplo do ESF do Loteamento Lar Imóveis e Bairro São Luiz, onde os médicos cubanos atendiam”.

Cronograma de atendimento

No Bairro São Luiz, de segunda a sexta, pela manhã a partir das 9h, a Dra. Treice  estará fazendo atendimento. Segunda e quarta, à tarde, ela fará o atendimento também na unidade do São Luiz.

No Loteamento Lar Imóveis, Andressa e Douglas atenderão na segunda e terça de tarde, quarta pela manhã e quinta à tarde.

No interior foi reduzido, um profissional na segunda na Vila União, na terça no Alto Alegre e na quarta em Lindenberg, e na quinta e sexta fará o atendimento na Unidade de Saúde Central.

“Pedimos a compreensão da população porque foi uma decisão que pegou a todos de surpresa”.

Outra situação providenciada pela secretaria municipal de Saúde é a renovação dos contratos dos médicos aprovados em processo seletivo para evitar alteração no atendimento e reforço no estoque de medicamentos para até março, com as compras sendo feitas de acordo com a demanda.

DEIXE UM COMENTÁRIO

Please enter your comment!
Please enter your name here

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.