Tribunal de Justiça mantém condenação de dupla por tráfico de drogas em Capinzal

Capinzal – A Primeira Câmara Criminal do Tribunal de Justiça de Santa Catarina (TJ/SC) manteve a condenação de L.T., natural de Piratuba, e W.L.B., natural de Capinzal, pelos crimes de tráfico de drogas e associação para o tráfico. L.T, que ainda respondeu por dano qualificado, recebeu pena de seis anos e oito meses em regime semiaberto. W.L.B recebeu pena de três anos e nove meses de reclusão em regime aberto, convertida em prestação de serviços comunitários. Ambos foram condenados pela Justiça de Capinzal no dia 15 de outubro de 2015.

Inconformados, entraram com apelação junto ao Tribunal de Justiça pleiteando a reforma da sentença. Porém, o recurso foi negado e a sentença mantida.

L.T e W.L.B foram presos em Capinzal no dia 08 de abril de 2015 em operação das polícias Civil e Militar. L.T foi flagrado pelos policiais vendendo droga no pátio da secretaria de Infraestrutura de Capinzal. Um usuário que portava nove gramas de maconha teria comprado a droga de L.T.

No carro de W.L.B, que estava no mesmo local, os policiais encontraram 2,7 gramas de cocaína, 10 gramas de maconha e dois cigarros de maconha. O veículo, um Gol, foi apreendido. Na delegacia de polícia, L.T inconformado por ter sido detido, forçou as algemas que usava que romperam da parede da cela, provocando prejuízo ao patrimônio público.

Eles foram denunciados pelo Ministério Público e, em outubro, condenados. A defesa de W.L.B alegou cerceamento de defesa e que a droga apreendida seria para consumo pessoal. Porém, o TJ não acatou as justificativas.

DEIXE UM COMENTÁRIO

Please enter your comment!
Please enter your name here

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.