Verão inicia nesta quinta-feira; estação deverá ser mais seca que o normal

Pouca chuva e muito calor. Essa é a previsão para o verão, que vai começar na tarde desta quinta-feira, às 14h28min. Até o fim deste ano, a estação mais quente deve continuar com características típicas da época: temperaturas elevadas e ocorrência de pancadas de chuva moderadas, principalmente no período da tarde. A partir de janeiro, no entanto, a instabilidade diminui e em fevereiro o aquecimento ganha força, garantindo marcas acima da média.

O calor vai ser intenso durante os dias e também ao longo das noites. Isso porque, apesar de a expectativa ser de chuvas abaixo da média para a época, o verão não será completamente seco. E a umidade provocada pelas pancadas isoladas, que devem ocorrer pelo menos uma vez por semana, vai funcionar como um cobertor térmico. Assim, as noites não vão conseguir o refrescamento necessário, o que vai deixar o ambiente com  a sensação de abafamento.

Essa combinação vai possibilitar que a instabilidade chegue acompanhada de raios e chuvas de granizo, causando diversos transtornos, principalmente alagamentos. Nesse contexto, a agricultura deve ser um pouco prejudicada. Conforme o meteorologista do Instituto Climatempo, Alexandre Nascimento, os produtores gaúchos vão precisar contar com a tecnologia para manter o solo em condições produtivas, principalmente no caso dos grãos.

De acordo com Nascimento, nenhum fenômeno climático deve influenciar a estação. Por enquanto, as águas do Oceano Pacífico estão mais frias do que o normal, o que caracteriza o La Niña, mas em breve elas devem voltar a esquentar. O verão vai  terminar no dia 20 de março, às 13h15.

O verão mês a mês

Janeiro: pouca chuva e temperaturas dentro da normalidade
Fevereiro: pouca chuva e temperaturas acima da média
Março: pouca chuva e temperaturas acima da média

Preocupação para a população

Um motivo de preocupação para a população no verão é a proliferação de mosquitos. Conforme o meteorologista do Instituto Climatempo, Alexandre Nascimento, a temporada vai favorecer o aumento em grande escala dos insetos, já que calor extremo e chuvas esporádicas são as condições ideais para a reprodução deles.

Outra coisa em que as pessoas devem prestar atenção é na conta de luz. Devido à irregularidade das chuvas ao longo do verão, os reservatórios não vão se recuperar por completo. Por isso, as bandeiras da taxa de energia elétrica devem ficar entre amarela e vermelha.

DEIXE UM COMENTÁRIO

Please enter your comment!
Please enter your name here

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.