Vereador Bruno Favero sugere a criação de uma cooperativa de coletores de lixo reciclável em Capinzal

Capinzal – O vereador Bruno Michel Favero (SD) apresentou indicação na sessão da noite desta terça-feira (13) relacionada à coleta de lixo em Capinzal. Favero sugere à prefeitura que articule a criação de uma cooperativa de coletores de lixo reciclável no município. Além disso, a proposta é para que sejam trabalhadas campanhas educativas visando ao incentivo e reeducação para desenvolver a coleta seletiva de resíduos.

Favero também propõe a capacitação para a população para a construção de composteiras para o lixo orgânico e colocação de lixeiras onde for possível, imediatamente, para seleção dos resíduos sólidos. A indicação ainda visa à motivar associações de moradores ao faturamento com o lixo reciclável para diminuir gradativamente a taxa de coleta de lixo ou isenção do tributo.

“Sugiro o uso do projeto da Associação de Moradores Nova Geração, incentivando e dando apoio para que futuramente seja instalado tanto no centro da cidade bem como em outros bairros da cidade e porque não nas comunidades do interior. Quero agradecer a associação do bairro Nova Geração, vocês estão de parabéns, estão fazendo um trabalho fantástico, pioneiro. E tenho certeza que outros municípios vão copiar e vão fazer o projeto em suas cidades”, avalia.

Favero argumenta que a reciclagem do lixo é fundamental para a conservação do meio ambiente e para a saúde pública. “Apesar de todos os benefícios e vantagens que a reciclagem de lixo proporciona, ainda são poucos os municípios que implantam a coleta seletiva e incentivam a formação de cooperativas de catadores de materiais recicláveis como formação de emprego e renda”.

Favero reitera que é necessário reforçar, cada vez mais, na comunidade sobre a consciência de preservação ao meio ambiente estimulando o exercício da cidadania mostrando a todos a importância do reaproveitamento para o meio ambiente e para uma vida mais saudável das pessoas.

“Precisamos superar as barreiras do desconhecido através do reaproveitamento, necessitamos discutir com os munícipes a realidade social em que vivemos, bem como a forma de amenizar essa situação com vista a desenvolver a capacidade de perceber que o mundo que os rodeia e modifica-lo através do reaproveitamento do lixo”, finaliza.

A indicação foi aprovada e será encaminhada ao Poder Executivo.

DEIXE UM COMENTÁRIO

Please enter your comment!
Please enter your name here

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.