Vereadores discutem com direção da Celesc meios de proteção à subestação de Capinzal

Capinzal – A segurança da subestação da Celesc foi discutida na tarde desta quarta-feira (26) por vereadores e representantes da estatal. O encontro foi na sede do legislativo e teve a presença da gerente regional da empresa e do diretor local. A reunião foi organizada pelos vereadores Bruno Michel Favero e Gilmar Junior da Silveira.

A subestação da Celesc já foi cenário de vários acidentes, principalmente envolvendo veículos pesados. A preocupação dos vereadores é quanto ao fornecimento de energia elétrica e a possível interrupção caso um acidente de maiores proporções aconteça.

A direção da Celesc foi enfática ao dizer que, caso atingido o transformador geral (central) pode haver paralisação no fornecimento por até 48 horas em Capinzal, Ouro, Lacerdópolis, Piratuba, Ipira e Zortéa.

“Vamos ter que fazer ações rápidas para que isso não venha acontecer. Já pensou um aviário, um chiqueirão, dois dias sem luz?”, questiona o vereador Bruno Michel Favero. “Estaremos agindo para que nunca venha acontecer um problema dessa magnitude”, conclui.

 

DEIXE UM COMENTÁRIO

Please enter your comment!
Please enter your name here

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.