Vereadores protocolam pedido de informações sobre o Centro de Reabilitação do Loteamento Lar Imóveis

Capinzal – Os vereadores Bruno Michel Favero, Carlos Adriano Zocoli, Lucas Antônio Dorini e Renato Marcelo Markus protocolaram na sessão da noite desta terça-feira (17) na Câmara de Capinzal, um pedido de informação ao município referente ao Centro de Reabilitação localizado no Loteamento Lar Imóveis.

Os vereadores questionam: a) Quantas pessoas já foram atendidas desde o início do funcionamento do Centro de Reabilitação. B) Quantas pessoas foram reabilitadas e encaminhadas ao mercado de trabalho. C) Se existe acompanhamento sobre o cumprimento da legislação pelas empresas do município. D) Como funciona a emissão de certificados, se são expedidos no momento da entrada do paciente na reabilitação ou ao final do tratamento. E) Sobre o perito que assina os certificados, quais as suas qualificações profissionais.

Os vereadores justificaram que vem ocorrendo vários questionamentos, nos últimos dias, quanto à eficácia do local.  Em contato com a reportagem, o morador de Capinzal, Ricardo Lago, detalhou a situação. Ele afirma que, além dele, outros casos são questionáveis.

“Há vários casos de pessoas assim como eu que estavam afastados há mais de meia década, serem reabilitados e sair à procura de emprego sem apoio algum, apenas com um certificado. Eu mesmo afastado há dez anos, cinco messes e alguns dias fui ‘reabilitado’ em cinco sessões de fisioterapia de 40 minutos, está tudo errado, esse Centro não está cumprindo a lei”, indaga.

O morador enaltece a iniciativa dos vereadores em questionar o funcionamento do centro de reabilitação. “Hoje trabalho na Aurora alimentos na vaga de reabilitado. Graças ao meu empenho e amizades que tenho. Mas se fosse pelo centro estaria levando currículos em empresas e desempregado”, desabafa.

O morador acredita que, a partir de agora, outras pessoas se manifestem sobre a situação. “Espero que agora os cidadãos que passaram pelo Centro de Reabilitação e foram largados sem amparo algum, assim como eu, que fiquei afastado por mais de uma década, e em cinco sessões de fisioterapia ser liberado e sair à procura de emprego, procurem seus direitos, busquem apoio, façam valer a ‘democracia. Lembrando que a união faz a força!!!”, finaliza.

DEIXE UM COMENTÁRIO

Please enter your comment!
Please enter your name here

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.