Vereadores sugerem que a taxa de coleta do lixo seja parcelada em 12 vezes

Capinzal – O secretário de de administração e finanças de Capinzal, Ivair Rodrigues, esteve presente na sessão desta terça-feira (16) na Câmara de Vereadores do município. Na oportunidade, o secretário teve um espaço de 15 minutos para esclarecer dúvidas a respeito da cobrança da taxa do lixo e do IPTU/2019. Também durante a sessão, os vereadores tiveram a chance de fazer perguntas e suas manifestações ao secretário.

De acordo com vereador Bruno Michel Favero, que convocou o secretário através de um requerimento, a noite foi muito produtiva e muitas dúvidas a cerca da cobrança puderam ser esclarecidas. “Não é fácil tomar essas decisões que geram impostos a nossa população, mas a questão da cobrança de lixo era uma necessidade. Quase todas as cidades catarinenses cobram a taxa de lixo” explica o vereador.

Durante a sessão, por unanimidade, os vereadores pediram para que a taxa não fosse cobrada junto com o IPTU, mas sim dividida em 12 vezes, podendo ser paga no decorrer do ano. “Podemos sim parcelar em 12 vezes para que fique mais ameno para nossa população pagar e não tudo em uma pancada só”, coloca Favero.

Segundo o vereador, mesmo com o grande número de manifestações em redes sociais em ralação a cobrança da taxa e o fato de que a presença do secretário foi anunciada em veículos de comunicação, a presença da população na Câmara foi baixa.

“Tivemos pouca participação popular, nós divulgamos nos meios de comunicação que o secretário estaria lá para tirar as duvidas e no máximo 15 pessoas estavam na Câmara de Vereadores. Me causa estranheza porque a população reclama, mas na hora de participar, não participa”.

Taxa do Lixo 

A taxa de coleta do lixo é calculada por metro quadrado de área construída. Uma residência que tem até 60 m², por exemplo, vai pagar cerca de R$ 50,00 por ano. No total, são 7.122 imóveis construídos que devem fazer o pagamento da taxa.

DEIXE UM COMENTÁRIO

Please enter your comment!
Please enter your name here

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.