Home Plantão Catarinense de 19 anos é considerada a bilionária mais jovem do mundo

Catarinense de 19 anos é considerada a bilionária mais jovem do mundo

0
Catarinense de 19 anos é considerada a bilionária mais jovem do mundo

A catarinense Lívia Voigt de Assis, de 19 anos, foi considerada a bilionária mais jovem do mundo pela revista Forbes, com um patrimônio líquido de US$ 1,1 bilhão (cerca de R$ 5 bilhões). Ela é neta e herdeira de Werner Ricardo Voigt, cofundador da WEG, uma das maiores fabricantes mundiais de motores elétricos, falecido em 2016. Apesar de ainda estar na faculdade de psicologia, Lívia e sua irmã mais velha, Dora Voigt de Assis, de 26, têm, cada uma, 3,1% da empresa. As herdeiras não participam das operações da multinacional, que exporta para mais de 135 países. Mas isso as não impediu de serem incluídas na exclusiva lista dos 25 bilionários mais jovens do mundo, divulgada nesta terça-feira (2).

As duas dividem o título com outros 18 herdeiros e 7 bilionários autodidatas.

Livia Voigt

Bilionários mais jovens do mundo além da catarinense de 19 anos

O segundo mais jovem bilionário encontrado pela Forbes, por exemplo, foi o italiano Clemente Del Vecchio, um dos vários herdeiros da fortuna de Leonardo Del Vecchio, fundador da EssilorLuxottica, a maior empresa de óculos do mundo e proprietário da Ray-Ban. Ele tem uma fortuna estimada em US$ 4,7 bilhões (cerca de R$ 20 bilhões) e herdou com sua mãe e seus seis meio-irmãos 12,5% de participação na holding familiar Delfin, que detém um terço da EssilorLuxottica, com a morte do pai, em junho de 2022.

Já os herdeiros mais ricos, segundo a Forbes, são os irmãos Mistry, da Irlanda, de 25 e 27 anos, que valem cerca de US$ 4,9 bilhões de dólares cada, graças ao conglomerado Tata Sons, com sede em Mumbai, que abrange TI e comunicações, engenharia e energia. Eles receberam suas participações minoritárias na Tata após a morte de seu pai, Cyrus Mistry, em 2022. Entre os bilionários self-made mais jovem, John Collison, de 33 anos, configura em primeiro, com um patrimônio de US$ 7,2 bilhões (R$ 35 bilhões). Nascido perto de Limerick, na Irlanda, ele e o irmão Patrick, de 35 anos, venderam a sua primeira startup – o software de gestão eBay Auctomatic, que formaram com os irmãos Harj e Kulveer Taggar – por US$ 5 milhões em 2007, quando John estava no ensino médio. Foi apenas o começo para a dupla: depois que John se matriculou e abandonou Harvard, ele e Patrick fundaram o Stripe, um software de pagamento cujos investidores incluíam a Fidelity e o fundo soberano de desenvolvimento da Irlanda. Em 2016, uma rodada de financiamento que avaliou o unicórnio em US$ 9,2 bilhões fez dele o então mais jovem bilionário do mundo, aos 26 anos. Uma oferta pública de aquisição de funcionários em fevereiro avaliou a empresa em US$ 65 bilhões (cerca de R$ 328 bilhões).