Acidente deixa duas jovens mortas na BR-470 em Gaspar

Gaspar – Uma colisão frontal na BR-470 envolvendo um Palio de Blumenau e um Jaguar de Guaramirim fez quatro vítimas na manhã deste sábado, 23. O Corpo de Bombeiros Militar foi acionado para a ocorrência, que ocorreu nas proximidades do restaurante La Terra, em Gaspar, por volta de 6h.

O Palio tinha cinco ocupantes, todas mulheres. A passageira da carona do banco dianteiro, Suelen Hedler da Silveira, ficou presa nas ferragens e já havia morrido quando o socorro chegou. Ela tinha 21 anos. As três garotas que estavam na traseira foram conduzidas ao hospital em estado grave. Amanda Grabner, 18, morreu durante uma cirurgia. Já a condutora do veículo estava bem, mas foi levada ao hospital para avaliação médica.

O carro de Guaramirim capotou com a batida, mas o motorista não se feriu. Ele estava sozinho no veículo. Evanio Wylyan Prestini foi liberado pelo atendimento médico e deixado aos cuidados da Polícia Rodoviária Federal. Imagens feitas no local mostram que o porta malas do Jaguar estava repleto de garrafas de bebida. O teste do bafômetro comprovou a embriaguez e ele foi preso.

PRF apura conduta de agentes

A Polícia Rodoviária Federal publicou uma nota oficial sobre o acidente que ocorreu na
manhã deste sábado, 23, na BR-470. O órgão confirma a embriaguez do motorista do Jaguar e se pronuncia sobre a denúncia feita por outros motoristas que teriam alertado sobre o condutor. Segundo eles, a comunicação dificultou a identificação da placa do veículo. A conduta dos agentes será investigada. Suelen Hedler da Silveira, 21, e Amanda Grabner, 18, morreram após o acidente. Outras duas passageiras do Palio de Blumenau estão internadas. Apenas a condutora do veículo não está em estado grave.

Leia a nota na íntegra

Em relação ao acidente ocorrido hoje de manhã na BR 470, em Gaspar, envolvendo um
Fiat Pálio e um Jaguar, a PRF informa que o acidente foi causado pelo motorista do
Jaguar, o qual fez o teste de etilômetro e o resultado foi 0,72 mg de álcool por litro de
ar. O motorista foi preso em flagrante e conduzido para a Polícia Civil de Blumenau.
Em relação à denúncia de que os policiais de Blumenau não abordaram o Jaguar, a PRF
confirma que um usuário não identificado ligou duas vezes para nossa Central e
conversou com os policiais de Blumenau. O usuário afirmou que o veículo estava entre
Indaial e Ascurra, vindo em direção ao litoral. A unidade operacional da PRF de
Blumenau fica a aproximadamente 40 km de distância do local e, normalmente, os
veículos não passam na frente do posto da PRF de Blumenau: eles entram antes em
direção a Blumenau.

Além disso, os policiais consultaram a placa repassada e esta não batia em um Jaguar,
provavelmente porque a ligação não estava boa. A PRF informa que não viu qualquer
pessoa parar na Unidade Operacional de Blumenau para denunciar pessoalmente.
Infelizmente várias pessoas ligam para a PRF prestando informações falsas ou trote, o
que acaba por diminuir a credibilidade das denúncias.

No caso de hoje, infelizmente a denúncia era verdadeira e a ação da pessoa que fez a
denúncia foi correta e poderia ter evitado o acidente. A PRF lamenta o desencontro de
informações, mas deixa claro que os policiais rodoviários federais têm como maior
objetivo a proteção à vida.

O mais importante desta ocorrência é a sensação de que, infelizmente, a ingestão de
bebida alcoólica por motoristas continua a fazer parte da rotina da nossa sociedade.
A PRF se solidariza com a família das vítimas

Fonte: O Município

DEIXE UM COMENTÁRIO

Please enter your comment!
Please enter your name here

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.