Condutor alcoolizado é preso após bater o carro e ameaçar policiais, no Acesso Cidade Alta

Capinzal – Por volta das 15h20min desta sábado (07) a Polícia Militar registrou um acidente no Acesso Cidade Alta. Envolveu um Gol cujo condutor estava alcoolizado e tentava fugir do local, sendo contido por populares.

O Corpo de Bombeiros foi acionado para atender a carona, menor de idade, que foi levada ao Hospital Nossa Senhora das Dores. Já o motorista estava no local visivelmente embriagado e alterado, com a mão esquerda sangrando, o qual dava socos no veículo e recusava o atendimento dos bombeiros.

Ao tentar acalmar o condutor gesticulou com a mão ferida jogando sangue nos policiais, assim foi pedido para se acalmar, mas ele não acatava as ordens policiais, assim foi necessário segurá-lo, momento que proferiu palavras de baixo calão para os policiais.

Posteriormente, foi dado voz de prisão, momento que iniciou-se uma confusão no local, sendo necessário retirar L.C., o qual foi conduzido ao hospital para realizar um curativo na mão. Também não foi possível remover o veículo do local, devido à aglomeração de pessoas exaltadas.

Após o atendimento médico, o autor retirou o curativo, debochando das enfermeiras, além de ameaçar os policiais dizendo “eu sei onde vocês moram, sua esposa e filhos, posso ir preso mas vou me cobrar”.

No hospital estava a adolescente confirmou que o autor havia ingerido bebida alcoólica, mas mesmo assim insistiu em dirigir, pegou o veículo saindo do local em alta velocidade e após perdeu o controle e colidiu no barranco.

L.C estava em visível estado de embriaguez, com hálito etílico, andar cambaleante, olhos vermelhos e se recusou a fazer o teste de alcoolemia (bafômetro), sendo realizado o auto de constatação de sinais de embriaguez.

O autor não é habilitado e conduzia a menor que teve lesões corporais na face (quebrou o nariz e osso da testa), conforme declaração do médico plantonista, o qual também declarou, afirmando que o autor estava embriagado.

Diante dos fatos foi conduzido L.C. à delegacia de Joaçaba para providências cabíveis, também foi feito o levantamento fotográfico e os autos de infração cabíveis.

DEIXE UM COMENTÁRIO

Please enter your comment!
Please enter your name here

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.