Lideranças de Capinzal entregam em Brasília carta aberta da Câmara de Vereadores e da CDL ao ministro do Trabalho

Brasília – O vereador Bruno Michel Favero (SD), acompanhado do deputado federal Osvaldo Mafra e do presidente do Sindicadezal, Ludovino Soccol, e do secretário-geral do sindicato, Reni Thomazoni, entregaram ao ministro do Trabalho Helton Yomura, uma carta aberta da Câmara de Vereadores de Capinzal e um documento da CDL de Capinzal, Ouro e Lacerdópolis, pedindo medidas urgentes do governo federal para ajudar a amenizar a crise do frango em todo o país.

Na unidade da BRF em Capinzal são cerca de 3 mil funcionários do setor de produção que estão parados desde o último dia 7 devido às férias coletivas. A entrega ocorreu durante audiência realizada no Ministério do Trabalho em Brasília na manhã desta sexta-feira (11). O site Michel Teixeira Notícias acompanhou a audiência.

Estiveram ainda representantes de sindicatos, da própria BRF, da Associação Brasileira de Proteína Animal (ABPA), da Confederação Nacional dos Trabalhadores nas Indústrias de Alimentação e Afins (CNTA), Federação dos Trabalhadores nas Indústrias de Carnes e Derivados, Indústrias da Alimentação e Afins do Estado de Santa Catarina (Fetiaesc), CUT, Sindicadezal, entre outras.

O ministro ouviu manifestações de representantes dos ministérios da Agricultura (MAPA), do Desenvolvimento, Indústria e Comércio (MDIC) e da Casa Civil sobre as ações de cada pasta para tentar reverter o embargo da União Europeia à carne de frango das 20 plantas brasileiras. O ministro do Trabalho assegurou que o governo brasileiro está em conversação com a África e Coreia do Sul que também estariam propensas a tomar a mesma medida que a União Europeia.

Na oportunidade foi informado que uma missão chinesa deverá vir ao Brasil em breve para negociar a abertura de novos mercados.

DEIXE UM COMENTÁRIO

Please enter your comment!
Please enter your name here

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.